Destaque

7 coisas que não se devem publicar no Facebook

Com o aparecimento das redes sociais, as pessoas começaram a ter tendência para partilhar um pouco mais do que deviam sobre a sua vida privada.

Existem certos aspectos da sua vida que, para seu bem, não devem ser partilhados na Internet.

O site Daily Dot fez uma lista dos conteúdos que nunca devem ser publicados no Facebook. São eles:

1.    Provas de ter cometido algo ilegal: Por incrível que pareça para alguns, existem pessoas que gostam de partilhar com os outros fotografias das suas actividades repreensíveis, como por exemplo tortura de animais, consumo de drogas, crianças bêbedas, uso de armas, entre outros. Tal como os avanços tecnológicos permitiram partilhar fotografias, possibilitaram também localizar utilizadores e smartphones. Por isso, se não vê nada de mal no seu comportamento, é melhor ter pelo menos noção de que pode ser facilmente detectado por quem quer que seja.

2.    Afirmações discriminatórias: Qualquer tipo de discurso racista, homofóbico ou xenófobo não causam um bom impacto em ninguém. E por muitas medidas de segurança que tenha accionado, é sempre possível aceder ao que escreveu.

3.    Acontecimentos sensíveis: É sempre bom partilhar as nossas alegrias com os outros, mas quando chegamos à parte de falar sobre assuntos mais sensíveis (uma morte, um divórcio, uma opinião sobre questões mais delicadas que estão ligadas a um dos nossos familiares, por exemplo) é melhor pensarmos duas vezes antes de publicarmos o que quer que seja. As reacções podem não ser as esperadas e acabam por nos deixar ainda mais em baixo;

4.    Um ‘gosto’ inapropriado: Já começa a ser mais comum, mas mesmo assim deve-se evitar – nunca é bom dizer que ‘gostámos’ de uma notícia sobre a morte de milhares de crianças na Síria ou de um ‘post’ sobre a morte da avó de um amigo nosso. Nessas alturas, se queremos dizer algo, publicamos um comentário. Não ‘gostamos’ dos acontecimentos em si. 

5.    Partilhar algo sobre outra pessoa sem lhe pedir autorização: Uma fotografia de uma amiga nossa numa discoteca já um pouco alterada, uma citação da nossa mãe ou uma fotografia do nosso colega de trabalho na altura em que este andava na primária. Provavelmente nenhum deles quer ser humilhado na internet, por isso não publique nada sem pedir autorização;

6.     Algo que o possa levar ao despedimento: Falar sobre o nosso chefe online, criticar a empresa onde trabalhamos ou dizer mal dos nossos colegas nunca é boa ideia. Todos eles (ou a grande maioria) também estão no Facebook.

7.    Fotografias ou frases… estúpidas: Um rapaz norte-americano está neste momento a cumprir dois anos de prisão por ter partilhado na internet uma imagem sua a fingir que fazia sexo oral com uma estátua de Jesus Cristo. Pense bem antes de publicar o que quer que seja. Mesmo que não seja preso, acaba por passar uma imagem de si mesmo que pode não corresponder à realidade e que pode influenciar as suas relações pessoais e profissionais.


Fonte: sol

 

Similar Posts