Após o cantor Laton revelar que existe uma máfia no Afro Music Channel, o canal que promove videoclipes, fez em comunicado, um pedido de desculpas a todos os músicos que já foram lesados.

“Nos momentos difíceis temos que encarar os problemas com frontalidade e assumir com as nossas responsabilidades.


Em nome do Afro Music Channel e na qualidade de CEO, peço desculpa a todos os músicos que foram lesados por terceiros.”

Igualmente, o CEO do canal, estendeu em nome do Afro Music, o pedido de desculpas aos telespectadores:

“Também estendemos o nosso pedido de desculpas aos telespectadores que muito respeitamos e preservamos.”

No entanto, segundo o comunicado, com vista a defender o bom nome da empresa, serão tomadas medidas internas:

“O Afro Music Channel irá tomar uma posição interna conclusiva que terá que resultar nas devidas consequências,

com vista a defender o bom nome da empresa os respectivos postos de trabalho.”

Afro Music Channel pede desculpas aos músicos lesados

Portanto, o canal garante estar disponível para ajudar os músicos a resolver o problema gerado:

“Estamos inteiramente disponíveis para recebê-los e ajudar a resolver qualquer problema gerado por terceiros, que tenha posto em causa o bom nome dos músicos e da nossa empresa.”

Além disso, o CEO, solicita que os artistas não façam pagamentos a terceiros:

“Solicitamos que os músicos não façam qualquer pagamento em especial a terceiros (recorrendo a contas bancárias particulares de indivíduos que se intitulam

como sendo agentes, funcionários ou familiares do CEO do Afro Music Channel. Nesta matéria não há nem poderá haver contemplações.”

Igualmente, pede que os cantores não contribuam para esse tipo de práticas:

“A empresa rege-se por parâmetros de transparência.

Neste contexto em nome da cultura, apelamos a todos os músicos que não alimentem este tipo de mais práticas.”

Assim sendo, Samara Panamera se converte a Deus e vai lançar música gospel com título “oração”. Saiba mais aqui.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.