Agente da Polícia morto à catanada em operação de captura em Benguela
Destaque

Agente da Polícia morto à catanada em operação de captura em Benguela

Agente da Polícia Nacional, foi morto à catanada, na tarde da passada Sexta-feira (10), em missão de serviço, na operação de captura de um cidadão que causava pânico nas ruas de Bocoio, em Benguela, ameaçando civis.

Ademais, a operação de captura do Comando Municipal do Bocoio, culminou com morte de Francisco Cavondola, primeiro subchefe da Polícia Nacional.

Entretanto, o malogrado, não resistiu ao golpe de catana.

Assim, a perseguição do agressor, acusado de causar distúrbios e pânico no seio social não terminou apenas com uma morte.

O agressor, não deixou alternativas a Polícia que o travou, mortalmente no local.

Agente da Polícia morto à catanada em operação de captura em Benguela

Segundo o Jornal o País, malfeitor, de nome Quinito, é conhecido pela vizinhança.

Portanto, agrediu o cidadão, Xavier Dala, que se encontra internado no hospital municipal, mas sem risco de vida.

No entanto, após a polícia ser notificada, foi ao encontro do acusado, Quinito.

Neste momento, o mesmo ataca mortalmente, o subchefe da polícia, lhe atingindo com catana no rosto.

Agente da Polícia morto à catanada em operação de captura em Benguela

Após atingir o subchefe, apoderou-se da sua arma e fez, ao todo, 12 disparos, sem causar mais vítimas.

De acordo com o porta-voz provincial da Polícia de Benguela, as investigações estão a ser feitas.

Uma vez que, não pode se obter uma confissão, já que o acusado, foi morto, pela polícia.

Além disso, o porta-voz, admitiu também, que fica difícil, descobrir os reais motivos dos ataques do agressor, que causava Pânico.

Contudo, a polícia já localizou e contactou os familiares do homicida, a fim de, colher informações, para tentar perceber se foi ou não um acto planeado.

Agente da Polícia morto à catanada em operação de captura em Benguela

Assim sendo, jovem de nacionalidade angolana, de 18 anos, mata seu amigo, de 15 anos, com recurso a arma branca (faca), na província de Benguela, por dívida de 500 Kwanzas. Saiba tudo, clicando aqui.

Similar Posts