Angola quer erradicar pobreza extrema até 2030
Celebridades

Angola quer erradicar pobreza extrema até 2030

Ontem, à tarde, durante uma videoconferência da Reunião de Alto Nível da 75ª sessão da Assembleia-Geral das Nações Unidas sobre os Objectivos do Desenvolvimento Sustentável, o Presidente da República, João Lourenço, manifestou a intenção de querer erradicar pobreza extrema de Angola até 2030.

O evento foi organizado pelo Secretário-Geral da ONU num vídeo gravado.

Uma vez que não foi possível estar presente, devido às restrições impostas pela Covid-19.

E neste o Chefe de Estado ressaltou que o Governo de Angola atribui grande importância às questões relacionadas com o combate à pobreza e elevação do bem-estar e da qualidade de vida das populações.

O Executivo quer eliminar a pobreza extrema do país.

E reduzir, significativamente, os níveis multidimensionais do problema daqui a uma década.

Angola quer erradicar pobreza extrema até 2030

O Presidente diz que há 36 programas de acção que têm incidência sobre a meta da eliminação da pobreza extrema e da redução da pobreza multidimensional. 

Isso dos 70 programas de acção que integram o Plano de Desenvolvimento Nacional (PDN) para o período 2018-2022

João Lourenço referiu que os programas de combate à pobreza estão definidos com base num conjunto de eixos de actuação.

Através de transferências monetárias, inclusão produtiva de geração de trabalho e de rendimento.

Bem como a ampliação das infra-estruturas e da oferta de bens, dos serviços sociais.

Tudo com destaque para a alfabetização, ensino e saúde, e o reforço da capacidade institucional.

Sobretudo no domínio da assistência social às crianças, mulheres, jovens e idosos.

Em relação aos passos concretos já dados neste sentido, o Presidente da República destacou o início, a 30 de Maio, da implementação do Programa de Transferência Sociais Monetárias, que vai abranger um milhão e 600 mil famílias. 

Segundo o Titular do Poder Executivo, o programa será materializado com a parceria do Banco Mundial.

Este irá até 2022 e incluiu um pacote financeiro equivalente a 420 milhões de dólares.

Uma vez que está aqui, veja também:

Angola quer erradicar pobreza extrema até 2030 no entanto

no entanto

Similar Posts