Di María recordou o seu percurso no futebol europeu e definiu mesmo o próximo passo da sua carreira. Atualmente no Manchester United, o argentino não se esqueceu da passagem por Portugal.

“Na verdade, joguei nos maiores clubes da Europa, participei em dois Mundiais e ganhei uma Liga dos Campeões. Representei o Real Madrid e antes estive no Benfica, clube ligeiramente menor do que o Real mas um gigante do futebol português. Agora estou noutro grande clube. Quando acabar, é tempo de voltar à Argentina e ao Rosario Central. Será o próximo passo”, afirmou em entrevista ao site da FIFA.

 

Questionado sobre a estadia em Espanha e a saída do Real Madrid, o jogador diz que nada, ou quase nada ficou por fazer: “Fiz tudo o que me poderia ser pedido: ganhei uma supertaça, a Taça do Rei, a Liga dos Campeões e o campeonato. Tudo menos o Mundial de Clubes, porque já tinha saído. Estive quatro anos em Madrid e chegou o tempo de mudar. Queria mesmo jogar na Premier League, que já via desde miúdo. O futebol inglês foi sempre uma meta”.

 

Instado a escolher o melhor momento de 2014, Di María não teve dúvidas e apontou à seleção: “Pode parecer estranho, mas teria de ser a final do Mundial. Nunca pensei fazer parte de algo assim. E mesmo que não tenha podido jogar, foi o mais belo momento da minha carreira”.


Fonte: Record.pt

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.