Numa entrevista dada aos Hanormais, Bruno M falou sobre um dos maiores sucessos do kuduro, o seu álbum Batida Únika. Bruno define-o não apenas como um produto do kuduro e sim como “um investimento racional”, apesar de muitas pessoas ao seu redor não reconhecerem.

Bruno M está afastado dos palcos há algum tempo, quanto aos o motivo o artista prefere não revelar.

Por isso está há tempos sem lançar novas obras musicais.

Apesar de ter anunciado em 2016 uma nova obra discográfica intitulada “Futuro”, esta não foi lançada.

Desse modo, a sua última obra discográfica foi lançada em 2012, a “BATIDA ÚNIKA Vol II” pela Milionário Records.

Assim, quando questionado sobre novos lançamentos musicais, novos álbuns e músicas, Bruno põe-se a pensar se as pessoas já ouviram realmente o seu álbum Batida Únika(vol.1 e vol.2), conforme explicou o artista.

O cantor explicou que não está a ser convencido, mas que esperou o reconhecimento por parte de outras pessoas.

No entanto, como não aconteceu, o cantor decidiu, por suas palavras, definir o álbum.

“Eu às vezes penso se essas pessoas já ouviram mesmo o Batida Únika(vol.1 e vol.2).

Já ouviram mesmo?

Eu estou a dizer isso porque o Batida Únika

é um investimento racional,

não é só kuduro.

É uma partilha de uma vida, e de vidas.

O Batida Únika é um compêndio de poesia no kuduro.”

Bruno M fala sobre o seu álbum Batida Únika "é um investimento racional"

Ademais, Bruno M disse que poucas pessoas que conhece pensam da mesma maneira sobre o Batida Únika.

“Era suposto outra pessoa falar isso,

em verdade já esperei ouvir isso de alguém,

Eu esperei yha, quem sabe alguém vai notar isso.

Por acaso conheço umas poucas pessoas”,

disse o artista.

Por outro lado, numa entrevista dada ao VOA Português, em setembro de 2019, em questões de lançamentos o artista admitiu ter “algo novo dentro de 6 a 12 meses”.

Bruno M fala sobre o seu álbum Batida Únika "é um investimento racional"

Bruno M fala sobre o seu álbum Batida Únika “é um investimento racional”

Veja então o vídeo que deu origem a esta matéria em:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.