O músico Dom Caetano viu a sua viatura ser grampeada pela fiscalização.

O facto aconteceu por volta das 7h00, no bairro Nelito Soares, quando elementos dos serviços de fiscalização afectos à Administração do Distrito do Rangel, na sua ronda habitual, encontraram um jovem a lavar o carro do músico em pleno asfalto, deixando parte da rua alagada. A presença de Dom Caetano foi solicitada de imediato. O autor do sucesso “Diala dya Hongo”, expressão quimbundo que em português significa “ter mais de uma mulher”, encontrou um dos pneus grampeados e negou, perante os fiscais, ter autorizado o jovem a lavar o veículo. Mas, de acordo com os vizinhos do músico, Dom Caetano é reincidente, uma vez que o mesmo facto se deu há pouco mais de um mês. Nesse dia, de acordo com os vizinhos, os fiscais apenas advertiram o músico. Já os vizinhos, não tiveram o mesmo privilégio e estão indignados.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.