Celebridades

Computador detecta futuros alcoólatras

Já se sabe que quanto mais cedo uma pessoa começar a ingerir bebida alcoólica, mais propensa estará a se tornar um adulto alcoólatra. Pensando nisso, o pesquisador Robert Whelan, da University College Dublin, desenvolveu um estudo no qual “ensinou” um computador a analisar os factores de risco de jovens. No artigo publicado na revista Nature, Whelan afirmou que os PCs conseguiram prever futuros alcoólatras com precisão de 70%.

No estudo, Whelan juntou dados como funcionamento do cérebro, história de vida e traços de personalidade de centenas de jovens de 14 anos. As informações foram colectadas para tentar decifrar comportamentos futuros, de quando o indivíduo completasse 16 anos. Essas informações fizeram com que o computador criasse mais de 40 variáveis que poderiam influenciar no uso futuro de álcool.

Uma vez que essas variáveis foram geradas, os pesquisadores aplicaram o teste em um novo grupo de adolescentes e comparou os resultados quando eles completaram 16 anos. “Algumas pessoas foram classificadas de maneira errada mas, no geral, 70% foram categorizadas acertadamente”, explicou Whelan.

O próximo passo é incluir uma pesquisa genética para levar a previsões melhores. “Nós sabemos que o uso indevido de álcool e abuso de substâncias tem um forte componente genético, mas não sabemos muito sobre os genes que impulsionam isso”, completou.

Similar Posts