Radialista Jorge Gomes reprova comportamento de alguns Luandenses

0
Radialista Jorge Gomes reprova comoportamento de alguns Luandenses

O radialista Jorge Gomes fez esta declaração na edição desta sexta-feira do programa grande informação da  “Rádio Mais” espaço em que o mesmo comanda.

Conhecido por não ter papas na língua, o locutor mais uma vez, manifestou a sua preocupação sobre o comportamento ”reprovável” que muitos Luandenses tendem a adoptar.

Angola é um País da impunidade diz Radialista Jorge Gomes

O mesmo disse:

”Fico triste com os “Guerreiros da banda” que praticam actos de vandalismo no cemitério, um lugar que devemos respeitar, mas os nossos jovens fazem o que bem entenderem.”

“E esses actos começam logo no caminho ou seja, temos visto jovens a fazerem festa nos carros, baixarem as calças e colocarem o traseiro na janela do carro, como se estivessem contentes com o desaparecimento físico do malogrado…”

“E as nossas autoridades não fazem nada”.

‘Mangomito’ como é popularmente conhecido pelos seus ouvintes, continuou dizendo:

”Angola é um PAÍS da impunidade.”

“Um país que quando você comete não és punido, estamos mal!”

“Se continuarmos assim vamos até 2035 e o País vai continuar onde está.”

“Parece que os nossos governantes sentem medo dos cidadãos sob pena de perderem nas próximas eleições…”

“O que está mal tem de ser corrigido.”

“Eu mesmo tenho estado a notar um comportamento muito negativo de alguns Pais e encarregados de educação que tem os filhos a estudarem no Colégio Angolano do Talatona.”

“Os senhores estacionam os carros onde bem entenderem naquela zona e não querem saber se vai provocar trânsito ou não.”

“Eles chegam colocam os seus carros nos passeios, nas estradas porque tem de esperar o filho, impedindo desta forma a circulação normal das viaturas…A nossa polícia tem de dar um basta nisso!”

Mangomito o radialista das manhãs de Luanda

Usualmente conhecido nas lides radiofónicas como “Mangomito”, Jorge Gomes é locutor e Director de programas da “Rádio Mais”.

Em função da sua forma única de apresentar o seu programa, Jorge Gomes tem recebido varias críticas por causa da frontalidade com que aborda alguns assuntos.

Com uma carreira de 26 anos na rádio Angolana, o locutor explicou numa entrevista que o apelido de Mangomito ganhou de uma japonesa que aprecia o seu trabalho.