Covid-19: Angola atingiu o pico em Outubro e pretende manter a curva descente diz Franco Mufinda
Celebridades

Covid-19: Angola atingiu o pico em Outubro e pretende manter a curva descente diz Franco Mufinda

Durante uma visita de cortesia a redação do Novo Jornal, Franco Mufinda declarou que o país atingiu o seu pico concernente a pandemia da Covid-19, em Outubro, de formas que actualmente a doença encontra-se em fase descente. O Secretário de Estado para a Saúde Pública mostrou-se expectante quanto a continuação da curva descente da doença.

A autoridade reportou sobre dados de um mês em que o país ultrapassou a caso dos 240 casos por dia.

“Nós já atingimos a primeira vaga nos finais do mês de outubro, por aí nos dias 23, 24, altura em que atingimos o pico. Começamos a declinar só que estamos a lidar com um evento intercorrente, que é muito dependente da população. Mas descemos, estamos a descer”.

Franco Mufinda cogitou a possibilidade de se chegar ao “ponto zero”.

Por intermédio da aquisição estimada para o primeiro trimestre do próximo ano, a vacina contra a Covid-19.

Para que isso aconteça, é importante que a população colabore, conforme sublinhou o Secretário de Estado para a Saúde Pública.

Ressaltando então o comportamento da população face às medidas preventivas de combate à pandemia.

“Quando tentamos apertar um pouco mais, lá vem o segundo vetor, que é o vetor económico. Nós dominamos a base da nossa população, a maioria vive do dia-a-dia. É necessário haver sabedoria neste aperta, desaperta. Devemos reconhecer que há um grande sacrifício por parte da nossa população”, disse Franco Mufinda, que foi eleito pelo colectivo de jornalistas do semanário Novo Jornal como Figura do Ano(2020).

Covid-19: Angola atingiu o pico em Outubro e pretende manter a curva descente diz Franco Mufinda no entanto

Similar Posts