Cristiano Ronaldo receberá 20 milhões de euros (R$ 88 milhões) de indeminização após sua participação no filme “O Manipulador”, de Martin Scorsese,por ter sido vetada pelo biografado, o empresário italiano Alessandro Proto.

Os advogados do jogador  chegaram a um consenso com a produtora do filme em relação  ao valor a ser pago, que antes estava em 10 milhões de euros (R$ 44 milhões).

“O papel que Cristiano Ronaldo fazer no novo filme de Martin Scorsese, ‘O Manipulador’, é muito importante, e eu quero um ator profissional”.

Eu não o quero no filme que trata sobre minha vida. Martin Scorcese está de acordo comigo. Cristiano Ronaldo não fará parte do elenco do filme”, afirmou em comunicado o empresário italiano, que admitiu o pagamento da indeminização.

“Sinto muito que ele sinta-se desvalorizado, mas na vida se ganha e se perde. Se realmente tiver que lhe dar 20 milhões de euros, darei em mãos”, falou o empresario Alessandro Proto que é um agente imobiliário italiano com negócios também nos Estados Unidos – é parceiro de Donald Trump, pré-candidato republicano à presidência do país e conhecido como apresentador do programa “O Aprendiz”.

 

2 COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.