De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida
Celebridades | Destaque

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

De pedreiro à humorista de grande sucesso, sem dúvidas um exemplo de superação! Costa Vilola, usou a sua conta do Instagram nesta Sexta-feira(31), para fazer um antes e depois da sua história de vida.

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

Uma história que tem servido de motivação para jovens que desejam vencer na vida, uma história que Costa tem muito orgulho em contar.

No entanto, Costa relembra que há 16 anos, já era actor, mas vivia do dinheiro que ganhava como pedreiro.

Entretanto, o humorista que acordava diariamente as 5 horas, trabalhava até as 17h e estudava até as 22h e ainda tinha de percorrer longas distâncias a pé:

“De 2004 já era ator mas vivia dos lucros da pedreira e estudava no Colégio Albino,

acordava às 5:00 saia da Chicala 1 a pé ia até a mutamba ali junto à Lusíada e ia trabalhar até ao bairro Benfica na obra,

largava as 17:00 voltava a sair a pé do interior do bairro Benfica até a praça do artesanato

e apanhava o autocarro e descia na Samba ia pra escola (colégio Albino) estudava até as 22:00

voltava a estrada principal para apanhar o candongueiro e as vezes tinha um colega já falecido Tio Tomas Rafael que me dava uma boleia para voltar a casa.”

Igualmente, os seus finais de semana eram reservados para os ensaios de teatro:

“Aos fins de semana íamos ensaiar no teatro ali n fundo da ilha de Luanda

e muitas das vezes também saia da Chicala 1 até ao local de ensaios a pé

ou apanhava boleia de um colega que já tinha carro.”

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

Todavia, de lá para cá, muita coisa mudou na vida de Costa Vilola, e hoje é um humorista da sucesso e o mais premiado no país:

“E em 2020 estou Aqui o Arrogante, o Humorista Angolano mais premiado do país”

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

No entanto, Costa conta que não alcançou sozinho essa vitória, teve de fazer escolhas corretas na sua vida.

E portanto, uma das suas melhores escolhas foi se juntar aos seus colegas e formar o grupo Tunezas:

“Mas estas vitórias todas não as alcancei sozinho, tive que fazer as melhores escolhas na minha vida

e uma das melhores escolhas foi quando me juntei aos meus 4 colegas que tinham a mesma ambição

e vontade que eu, formamos um Quinteto de humor

que graças a Deus até hoje continuamos a lutar para o bem de todos.”

Além disso, outro segredo para o sucesso nessa história de vida, é ser guiado pela fé:

“A outra coisa que sempre fiz e faço até hoje, eu faço as minhas coisas com muita fé…

sim a minha fé é que me guia e quase nunca falha.”

Igualmente, aceitar a sua condição de vida, não ter vergonha de se assumir perante outras pessoas, reclamar menos e fazer mais, fez com que Costa Vencesse.

De pedreiro à humorista de sucesso: Costa Vilola faz antes e depois da sua história de vida

Portanto, ontem pedreiro e hoje licenciado, humorista de sucesso e uma pessoa que investe constantemente na sua capacitação:

“Eu investi e continuo a investir na minha capacitação intelectual,

quer lendo livros como fazendo formações,

Licenciei-me mas não parei por aí, fiz vários cursos para cada dia melhorar mais minha a conduta perante os amigos.”

De pedreiro à humorista, esse é o antes e depois de uma história de vida que hoje é olhada como um grande exemplo de superação.

View this post on Instagram

De 2004 já era ator mas vivia dos lucros da pedreira e estudava no Colégio Albino, acordava às 5:00 saia da Chicala 1 a pé ia até a mutamba ali junto à Lusíada e ia trabalhar até ao bairro Benfica na obra, largava as 17:00 voltava a sair a pé do interior do bairro Benfica até a praça do artesanato e apanhava o autocarro e descia na Samba ia pra escola (colégio Albino) estudava até as 22:00 voltava a estrada principal para apanhar o candongueiro e as vezes tinha um colega já falecido Tio Tomas Rafael que me dava uma boleia para voltar a casa. Aos fins de semana íamos ensaiar no teatro ali n fundo da ilha de Luanda e muitas das vezes também saia da Chicala 1 até ao local de ensaios a pé ou apanhava boleia de um colega que já tinha carro. E em 2020 estou Aqui o Arrogante, o Humorista Angolano mais premiado do país, mas estas vitórias todas não as alcancei sozinho, tive que fazer as melhores escolhas na minha vida e uma das melhores escolhas foi quando me juntei aos meus 4 colegas que tinham a mesma ambição e vontade que eu, formamos um Quinteto de humor que graças a Deus até hoje continuamos a lutar para o bem de todos. A outra coisa que sempre fiz e faço até hoje, eu faço as minhas coisas com muita fé… sim a minha fé é que me guia e quase nunca falha. A outra coisa foi a aceitação, tive que aceitar a minha condição e não ter vergonha dela perante as pessoas, porque quando tu não te assumes como és vives no mundo da mentira, e quem mente uma vez para alcançar algo vai ter que mentir sempre para conservar este algo e quando deres por ti estás numa situação que já não consegues mais te recuperar. A outra coisa foi reclamar menos e fazer mais por mim e pelos meus . Pois percebi que quanto mais reclama mais te estás a meter na posição de vítima e a querer depender da solidariedade alheia. Vá a luta e não viva só lamentando a espera de solidariedade. Eu investi e continuo a investir na minha capacitação intelectual, quer lendo livros como fazendo formações, Licenciei-me mas não parei por aí, fiz vários cursos para cada dia melhorar mais minha a conduta perante os amigos. Desculpem a minha arrogância eu já não sei como é que se veste mal.😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂😂

A post shared by Costa Vilola Vilola (@costa_tuneza) on

Assim sendo, Mel Chaves aguarda a vinda do segundo filho: “Mais um novo amor”. Saiba aqui.

Similar Posts