“Quando Deus for meu chão, não há quem me derrube” Titica

0
Titica apoiando-se em Deus

A cantora angolana Titica, tem tido muito sucesso na sua carreira profissional quer no mercado angolano como no mercado internacional.

Ao que tudo indica, a artista tem estado cada vez mais próxima de Deus e por consequência disso partilhou a seguinte mensagem:

” Quando Deus for meu chão, não há quem me derrube”

Dizer que a cantora tem vindo a ver a sua carreira expandir-se cada vez mais no mercado internacional.

A título de exemplo é que ela será a primeira angolana a participar no maior festival de música do mundo, In Rock Rio.

A mesma, recentemente assinou contrato com a produtora da Karina Barbosa, Step Music.

“Não quero homens que viram mulher” Titica

Na época quando Titica frisou esta frase numa de suas músicas, houve muita repercussão negativa por parte dos internautas.

Há quem foi mais profundo e disse: como ela foi capaz de cantar isso? quando na verdade ela era homem e virou mulher!!.

A artista por sua vez, teve de vir a público e, em forma de entrevista explicou o “problema”.

“Eu cresci a ouvir isso, vi os abusos das pessoas e então decide fazer a música”.

“A mensagem na música era para as pessoas simplesmente se reverem naquilo que tanto me falaram”, continuou a cantora

“Tenho no meu sub-consciente que nasci transexual, estou consciente que nasci homem e não preciso que ninguém me lembre”.

Na mesma entrevista a artista aproveitou o momento na época para pedir desculpas a sociedade “gay” na qual faz parte.

Para quem conhece e acompanha o trabalho da artista, deve-se recordar quando ela confessou que tinha o desejo de ter relações com o cantor Adi Cudz.

Se não, não te preocupes que vamos lhe fazer recordar.

Foi-lhe feita a seguinte pergunta: se tivesses a chance com qual figura pública farias sexo?

Esta por sua vez com sorriso no rosto respondeu o seguinte:

ai ai ai ta bem bom!! Com o Adi Cudz.