Dog Murras diz que os próprios artistas é que não se valorizam
Celebridades | Destaque

Dog Murras fala das falhas cometidas pelos artistas angolanos

O músico e activista social Dog Murras apontou as falhas que inúmeros artistas angolanos têm cometido.

Com o tema; Ausência da Industrial musical em Angola, o músico destacou os colegas como os causadores desta ausência.

De acordo Dog Murras, os artistas não valorizam os seus trabalhos e por isso, os outros também não o fazem.

Leia as declarações do Dog Murras:

“A tua afirmação está certa, é necessário que se faça essa indústria, porque muita gente não sabe e nem valoriza a música”

“E você sabia que esta falta de valorização pela própria música, começa pelos próprios artistas”

“Nós temos que fazer para que o outro acompanhe, você quando faz e se impõe, os outros são obrigados a reduzir-se a obediência”

“Agora quando você não se valoriza, te chamam aqui por 200 vem cantar no meu casamento vem”

“Te chama por 50 vem cantar no meu óbito vem!”

“Como é que você quer que funcione, se eles não têm nenhuma organização para defender os seus nomes”

“Porque o artista tem que valorizar o seu trabalho”

“Tem que valorizar as noites que perde nos estúdios, as noites que perdem a escreverem”

“Ele só pode valorizar isso a partir do momento que o disco já existe como matéria-prima”

“E no momento que ele tem que fazer uma prestação pública”

“Quando você tem que fazer uma prestação pública, por exemplo, eu Dog Murras as minhas músicas toca de borla na rádio”

“Mas a minha prestação pública tem que ser paga, porque é o meu trabalho”

“Vai garantir o futuro do meu trabalho, dos meus filhos e da minha geração”

“Os artistas precisam ter consciência disso, enquanto os artistas não ganharem consciência do seu próprio trabalho, ninguém vai respeitá-los”

Frontal e defensor da verdade Dog não se cansa de apelar a sociedade de Angola.

Similar Posts