Destaque

Dois anos de prisão para quem tossir num polícia ou comerciante no Reino Unido

Numa época em que o coronavírus se está a alastrar, o director de processos públicos do Reino Unido, Max Hill, advertiu nesta quinta-feira(26), sobre a possibilidade de apanhar dois anos de prisão a pessoa que tossir de propósito num polícia, comerciante ou membro de uma equipa de emergência.

Max Hill garantiu que houve relatos de pessoas que tossiram nos rostos de polícias, outros agentes de emergência e comerciantes:

“Estou, portanto, chocado com relatos de polícias

e outros trabalhadores na linha de frente

serem deliberadamente alvo de pessoas que alegam ter Covid-19.

Deixe-me ser bem claro:

isso é um crime e precisa parar, disse Hill.

Ademais, os responsáveis poderão ser acusados por agressão.

Entretanto, Max Hill salientou a importância de quem está agora a trabalhar no combate a Covid-19:

“Os trabalhadores de emergência são mais essenciais do que nunca,

à medida que a sociedade se reúne para combater a pandemia de coronavírus”.

Dois anos de prisão para quem tossir num polícia ou comerciante no Reino Unido

O serviço de promotoria britânico informou a prisão de um homem de 45 anos que agrediu um trabalhador de emergência, e tossiu em polícias de Londres.

De maneira semelhante, no norte da Inglaterra, em Blackburn um homem de 40 anos foi preso depois de ameaçar cuspir em policiais na segunda-feira (23).

Os polícias haviam perguntado ao homem sobre o por que ele estava na rua com outras duas pessoas.

Pois, o governo anunciou que as reuniões sociais estavam proibidas e pediu que as pessoas sigam regras estritas de distanciamento social.

Porém, estas foram desobedecidas, pelo homem que acabou preso.

Dois anos de prisão para quem tossir num polícia ou comerciante no Reino Unido

Uma vez que esta aqui, saiba mais sobre a generosa doação de Kyie Jenner para o combate ao coronavírus!

Similar Posts