Espião russo assassinado em Luanda
Celebridades

Espião russo assassinado em Luanda

No passado dia 27 de Dezembro, o oficial da Inteligência russa, Leonid Sartov, foi encontrado morto na sua casa no bairro de Alvalade, em Luanda, conforme informou o “Africa Intelligence” nesta quarta-feira, 6 de Janeiro.

Espião russo assassinado em Luanda

Espião russo assassinado em Luanda

Ainda segundo o site, Leonid Sartov foi oficialmente destacado para Angola como segundo secretário da embaixada da Rússia em Luanda.

Onde chegou em Junho após cinco anos a representar o seu país em Argel.

Na verdade, Sartov era coronel do Serviço Inteligência Externa da Rússia.

Diplomatas russos tiveram de especificar as credenciais completas de Leonid Sartov para a polícia angolana depois de ele ter sido assassinado.

Após a morte do espião, a capital russa, Moscou despachou cinco enviados a Luanda para supervisionar a repatriação do seu corpo e cuidar da burocracia necessária.

Informações dão a conhecer que uma unidade Spetsnaz (forças especiais) deverá estar no local para proteger a embaixada russa e o seu pessoal.

O assassinato de Spy abre uma brecha entre Luanda e Moscou diz Africa Intelligence

As relações entre Angola e Rússia começaram a desgastar-se muito antes do assassinato de Leonid Sartov.

Refere-se que a ligação entre os dois países estremeceu com a subida de João Lourenço a presidência de Angola.

O que não verificou na época em que José Eduardo dos Santos governava o país.

Vale ressaltar, entretanto, que o anterior chefe de Estado estudou na União Soviética e a sua primeira esposa era russa.

Fonte: Africa Intelligence

Uma vez que está aqui, veja também:

Espião russo assassinado em Luanda no entanto

Similar Posts