Coréon Dú, o criador do documentário “I Love Kuduro”, é um homem feliz. A obra teve grande aceitação no festival mundial de música “Womex 2014”, em Santiago de Compostela, Galiza.

Angola esteve presente num dos maiores encontros internacionais da indústria musical com o aclamado “I Love Kuduro”, uma produção de Da Banda. Durante uma sessão de perguntas e respostas, Coréon Dú, o criador da obra, saciou a curiosidade de jornalistas e produtores musicais do panorama internacional sobre o kuduro. O papel das mulheres no kuduro, o movimento e a sua disseminação pelo mundo, a importância do género para as camadas jovens e o estado da produção musical em Angola foram os principais temas abordados. Durante a conferência de imprensa, Coréon Dú referiu que “é uma honra representar Angola num festival desta dimensão e poder levar a nossa cultura cada vez mais longe. O kuduro é nosso e cada vez mais é reconhecido mundialmente”. O documentário teve a sua estreia mundial no festival cinematográfico “Rio 2013” e no mesmo ano foi apresentado em Lisboa. A Semba é organizadora do I Love Kuduro é um festival internacional que visa promover o Kuduro e a música angolana, com especial atenção a música electrónica angolana. Os principais objectivos deste projecto é realizar encontro entre artistas.

« Voltar

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.