O humorista Gilmário Vemba e a rapper angolana Eva Rapdiva lamentaram a morte da vendedora ambulante conhecida na gíria como zungueira, ocorrido na terça-feira 12 de março vítima de tiro desferido por um suposto polícia.

Gilmário Vemba e Eva Rapdiva consternados com a perca de uma guerreira

Perdeu-se uma filha da nação e mãe de família que, batalhava para ganhar o seu pão e sustentar os filhos.

A morte que, segundo populares do Bairro Rocha Pinto alegam ser causado por um polícia, deixou muitas tristezas.

Salientar que, dentre os vários angolanos que lamentam a triste situação surge Gilmário.

Eu sou a filha indesejada que os pais educaram mal e agora desesperados querem eliminar.

Mas ao mesmo tempo, dizem que sou uma “vergonha social” que deveria deixar de existir que não pertenço a um País “normal”!!!

Eu até queria, pois sofrer não é vontade, mas, ninguém me mostra outro caminho, só conheço esta realidade.

Sou apenas o reflexo desta sociedade, sou um resultado, não sou eu a maldade…

View this post on Instagram

Eu sou a filha indesejada que os pais educaram mal e agora desesperados querem eliminar. Sou inspiração para músicas, homenagens, esculturas, exemplo de força e perseverança social, elemento vivo nas obras de arte que ganham prémios nacionais e imagem usada na promoção da minha terra… todo o mundo me conhece, estou sempre na berra. Mas ao mesmo tempo, dizem que sou uma “vergonha social” que deveria deixar de existir que não pertenço a um País “normal”!!! Eu até queria, pois sofrer não é vontade, mas, ninguém me mostra outro caminho, só conheço esta realidade. Sou apenas o reflexo desta sociedade, sou um resultado, não sou eu a maldade… Sou da cidade que me fez nascer, me criou, educou e me viu crescer… De nada adianta me esconderem eu sou a verdade, de nada adianta me baterem, sou uma dura realidade. De nada adianta me matarem, sou o karma presente em toda a sociedade. Lamento ser a prova viva que do que não consegues lidar e ser a voz e imagem que não queres projectar… Eu sou o homem de gravata, a mulher de salto alto, o construtor de capacete, a criança de bata branca, o velho à porta de casa, o professor da escola ao lado, sou o executivo de mala à mão, sou o bancário no exercício da sua profissão. EU SOU ANGOLAAAAAAA ?? Sou um pedaço da mão que me mata… Eu sou tu, sou toda uma NAÇÃO.DB??✊? .. .. .. #eusouzungueira #justica #direitoshumanos #chega #somosum By: @dyburity

A post shared by ?G I L M A R I O V E M B A ? (@mr_filadagodaaa) on

Importa realçar que, a rapper Eva Rapdiva manifestou-se e deu também o seu parecer.

A zungueira, nossa mãe, nossa guerreira, nossa rainha, que supostamente foi morta ontem pela polícia!

Honestamente acho que não foi só a polícia que a matou, fomos todos nós..

Se preocupam em postar o Cristiano e finguem q não vêem os problemas do povo.

O silêncio mata, o conformismo mata, a falta de coragem para defender a mudança que só pode ser feita c a ajuda de todos também mata,

o egoísmo mata, a indiferença mata, a hipocrisia tbm… Etc etc

View this post on Instagram

RIP a zungueira, nossa mãe, nossa guerreira, nossa rainha, que supostamente foi morta ontem pela polícia! Honestamente acho que não foi só a polícia que a matou, fomos todos nós… Não só os que festejam golos em vez de lamentar a morte de uma das nossas, matamos pk nada fazemos em relação ao facto de desde smp sabermos como as zungueiras são tratadas, vivemos indiferentes, matamos pk sabemos em q condições a polícia trabalha e somos indiferentes, em que condições os médicos, enfermeiros e professores trabalham e somos indiferentes… Segurança, saúde educação com má qualidade num país matam! Então, matamos pk temos noção do número de pessoas que morrem todos os dias no nosso país por causa da nossa indiferença em relação a isso! O silêncio mata, o conformismo mata, a falta de coragem para defender a mudança que só pode ser feita c a ajuda de todos também mata, o egoísmo mata, a indiferença mata, a hipocrisia tbm… Etc etc Um tiro, o disparo de um agente da autoridade nesta situação é um crime grave, mas resulta de várias situações às quais grande parte de nós é indiferente! E isso podemos mudar! Antes de falar da polícia nacional, antes de falar do governo, antes de criticar famosos que se preocupam em postar o Cristiano e finguem q não vêem os problemas do povo, olhem para vocês, vamos nos auto questionar, como hoje eu olhei para mim ao espelho e reflecti sobre que tipo de culpa tenho numa tragédia como esta e outras que poderíamos evitar se fossemos cidadãos mais participativos, exigentes e menos egoístas! Já não sei o que fazer, o que dizer.. falar só, postar só não basta, só me prejudica, só me põem petróleo no pão o que não lamento, há quem sonhe c pão c petróleo… também procuro um caminho, porque não quero sentir que este peso, o peso de quem mesmo ao falar alguma coisa devia, mesmo ao tentar defender com palavras, pode fazer mais! Só um desabafo ou devaneio… Vamos reflectir e ver o que podemos fazer pelo nosso futuro!

A post shared by Eva Rapdiva (@evarapdiva) on

Recordar que, ouve um grande confronto entre a polícia e os moradores que defendiam as vendedoras.

Pelo que, foi narrado pelos populares que estiveram no local, os polícias fizeram tiroteios para acalmar a situação.

Confira alguns vídeos:

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.