primeira exposição patente ao público reúne algumas das obras mais emblemáticas de Guilherme
Celebridades | Destaque

Guilherme Mampuya inaugura galeria de arte no zango 0

Guilherme Mampuya, conceituado artista plástico angolano de renome internacional, inaugura hoje, 5 de Dezembro, a sua galeria de arte. Localizada no Zango 0, município de Viana.

A imponente obra arquitectónica foi construída de raiz pelo próprio e funcionará também como atelier. O evento reuniu amigos e familiares, bem como personalidades de diversos quadrantes da sociedade angolana, num ambiente descontraído.

«Depois de vários anos a trabalhar para a construção deste espaço, a inauguração é o concretizar de um sonho» refere Guilherme Mampuya, salientando que tal foi possível pelo apoio incondicional de familiares e amigos, especialmente da sua esposa, Celeste Mampuya, a quem lança um agradecimento especial.

unnamed-1

A primeira exposição patente ao público reúne algumas das obras mais emblemáticas de Guilherme Mampuya. O acolhedor open space é um local que promove a cultura nacional e onde serão expostos os trabalhos de Guilherme Mampuya, bem como obras de outros artistas plásticos, incluindo os que estão a iniciar a sua carreira no mundo das artes.

Saiba mais Sobre Guilherme Mampuya

Formado em Direito pela Universidade de Kinshasa, em 2002 ingressa no Estágio de Pintura Básica, no atelier de Avelino Kenga. A seguir aperfeiçoa a técnica do retrato no Curso de Pintura de Retratos, no atelier de pintura Honesto Nkulu, em Luanda.

Em 2005 ingressa na União dos Artistas Plásticos Angolanos (UNAP) e, desde então, expõe com frequência, individual e colectivamente. Destes trabalhos destacam-se duas participações para o EnsArte, a participação na Trienal de Artes de Luanda, várias exposições individuais em Luanda e em Bruxelas – na Galeria “Lumieres d’Afrique”.

Em 2008 Guilherme Mampuya vence o Grande Prémio de Pintura EnsArte. Expõe ainda em diversos locais de Luanda como a Galeria Humbiumbi, o Hotel Trópico, o Hotel Alvalade, o Centro Cultural da Embaixada de Portugal e o Belas Shopping. Em Lisboa mostra a sua obra, pela primeira vez, em 2010, na Galeria “Bernardo Marques”.

Ainda na sua trajectória, realce para a participação na exposição colectiva dos «10 anos de comemoração do Museu Afro Brasileiro, em São Paulo, em 2014. Aquele museu possui duas obras do acervo de Mampuya.

Similar Posts