Celebridades | Destaque

Isabel dos Santos constituída arguida e Angola solicita ajuda de Portugal e Espanha neste processo

Ontem, o procurador-geral da república, Hélder Pitta Grós, anunciou em conferência de imprensa, que a empresária Isabel dos Santos foi constituída arguida por má gestão da petrolífera Sonangol, e explicou também que Angola solicitará ajuda de Portugal, Espanha, Inglaterra e outros países neste processo.

Angola solicita ajuda de Portugal e Espanha no processo judicial da arguida Isabel dos Santos

A filha do ex-presidente, Isabel dos Santos, é acusada de crimes de branqueamento de capitais, peculato, falsificação de documentos autênticos, abuso de poder e tráfico de influências.

Neste sentido, poderá responder em Tribunal pelos crimes económicos em que está envolvida enquanto foi presidente do Conselho de Administração da petrolífera angolana, Sonangol.

Hélder Pitta Grós, afirmou que muitos factos existentes na gestão de Isabel na Sonangol, podem ser considerados como matéria criminal.

Isabel dos Santos constituída arguida e Angola solicita ajuda de Portugal e Espanha neste processo
Procurador-geral da república, Hélder Pitta Grós.

O procurador Geral da república, explicou que junto de Isabel, são arguidos também os seus antigos colaboradores na petrolífera.

Estes que são Cristina Fidalgo Oliveira, Sarju Raikundalia, Nuno Ribeiro da Cunha e Mário Filipe Leite da Silva.

No entanto, os antigos colaboradores de Isabel encontram-se fora do país, e a gerir empresas que Pitta Grós define:

“só como fachada porque a beneficiadora final é Isabel dos Santos”.

Para que o processo judicial flua da maneira correcta, Angola solicitará a ajuda de países como Inglaterra, Espanha, Portugal e outros que tenham boas relações com o país.

Isto, em virtude de se notificarem os colaboradores e a própria Isabel dos Santos na condição de arguidos.

Entretanto, Portugal é o país que mais se espera colaboração para o combate a corrupção, segundo informou Pitta Grós.

Neste caso em particular, as autoridades angolanas desejam a colaboração das entidades portuguesas, pois, foi em Portugal onde Isabel mais intensificou os seus negócios.

Isabel dos Santos constituída arguida e Angola solicita ajuda de Portugal e Espanha neste processo

Se existirem provas concretas que foram feitos investimentos com dinheiro saído do país de forma ilícita, as contas e bens de Isabel ao redor do mundo, serão congeladas.

“Se tivermos provas que os investimentos dela

foram conseguidos com dinheiro ilícito saído de Angola,

teremos de fazer tudo

para que Isabel dos Santos não consiga desfazer-se dos activos.

Essa será a nossa posição”, afirmou Hélder Pitta Grós

Caça Internacional

A emissão de um mandado de captura contra Isabel e os seus colaboradores, foi admitida por Pitta Grós.

Esta será utilizada caso estes não retornem ao país de forma voluntária para se apresentarem em tribunal.


“Usaremos todos os meios legais possíveis,

inclusive solicitando a colaboração da Interpol e outras polícias internacionais

caso Isabel dos Santos e seus pares não compareçam de forma voluntária ao país

para se defenderem dos crimes que pesam sobre eles”,

explicou o procurador-geral da república

No entanto, para calcular o valor da dívida de Isabel ao Estado, várias coisas foram consideradas conforme disse o procurador.

Coisas como, o dinheiro que saiu do país de forma ilícita, os lucros que o Estado devia ter e não teve, e os prejuízos obtidos.

Contudo, a empresária nunca mostrou interesse em dialogar com as autoridades angolanas, segundo Pitta Grós.

Isabel dos Santos constituída arguida e Angola solicita ajuda de Portugal e Espanha neste processo

Uma vez que está aqui, saiba mais sobre as 30 paradas cardíacas que sofre Valter Filipe, do caso dos 500 milhões!

Similar Posts