Jair Bolsonaro pede protecção a membros da Igreja Universal em Angola
Celebridades | Destaque

Jair Bolsonaro pede protecção a membros da Igreja Universal em Angola

O presidente brasileiro Jair Bolsonaro encaminhou uma carta ao Chefe de Estado angolano, João Manuel Lourenço, a solicitar medidas de protecção a integrantes da Igreja Universal do Reino de Deus em Angola, que estão em disputa interna após acusações de fraude por parte de pastores.

No mês passado, numa ação coordenada, 35 templos da IURD em Luanda foram invadidos pelos pastores dissidentes.

Ademais, outros 50 templos localizados nas demais províncias do país, como Cabinda e Cunene foram também invadidos.

Em reação, a polícia deslocou agentes aos locais de culto para evitar “cenas de desacato”.

Eduardo Bolsonaro, filho do Chefe do Estado brasileiro, publicou nas suas redes sociais a carta que o seu pai endereçou a João Lourenço, solicitando proteção aos membros da IURD.

Pode ler-se então na carta de Bolsonaro dirigida ao presidente angolano:

“meu apelo a vossa excelência é para que Sem prejuízo dos trâmites judiciais, com o seu tempo próprio,

se aumente a proteção de membros da IURD,

a fim de garantir a sua integridade física e material,

e a restituição de propriedades e moradias,

enquanto prosseguem as deliberações nas instâncias pertinentes.

Tendo presente o quanto Angola valoriza a liberdade religiosa

e a atuação de diferentes denominações,

no marco do respeito ao andamento angolano,

estou seguro de que Vossa Excelência acolherá

favoravelmente as minhas palavras”, disse Bolsonaro na carta.

Eduardo Bolsonaro publicou também uma reportagem sobre o assunto da Record TV, emissora do bispo Edir Macedo, fundador da Universal.

Jair Bolsonaro pede protecção a membros da Igreja Universal em Angola

Similar Posts