Uma mulher que se identificou como Danielle, alega ter sido abusada sexualmente por Justin Bieber. Ao ser acusado de estupro, o cantor decidiu apresentar várias provas, dentre elas, a sua ex-namorada Selena Gomez, surgiu como seu alibi.

Segundo Danielle, em março de 2014, depois de um espetáculo de Bieber em Austin, nos Estados Unidos, o cantor convidou a si às suas amigas para irem a um hotel, o Four Seasons.

Já no hotel, a mulher alega que Justin a levou a uma sala privada onde a estuprou.

A saber que na altura Danielle teria 20 anos e o cantor 21.

O jornal britânico The Guardian tentou então contactar a mulher que relatou a história pelo Twitter.

Conquanto, a representante de Justin Bieber, Alison Kaye, começou por negar as alegações de Danielle.

Posteriormente, no domingo, foi o próprio artista quem reagiu às acusações no Twitter.

Desse modo, Justin Bieber partilhou na rede social recibos, fotografias e e-mails da época em que aconteceu o alegado crime.

Segundo o próprio cantor, a 9 de março de 2014, esteve realmente em Austin para um espetáculo, mas, o hotel em que esteve foi o AirBnb, e no dia 10 de março ficou hotel Westin.

Além disso, disse ainda que estava em Austin com a namorada da altura, Selena Gomez.

“Esta história não é verdadeira.

Todas as alegações de abuso sexual devem ser levadas muito a sério

e é por isso que a minha resposta é necessária.

Como a história dela contou,

surpreendi uma multidão em Austin no Sxsw,

onde apareci no palco com o meu assistente na época

e cantei algumas músicas.

O que essa pessoa não sabia

era que eu participei daquele show com a minha então namorada Selena Gomez

No entanto, esta história é factualmente impossível

e é por isso que vou trabalhar em conjunto com o Twitter

e as autoridades para tomar medidas legais”,

escreveu o cantor

Justin Bieber acusado de estupro: cantor nega acusações e Selena Gomez é seu alibi

Uma vez que está aqui, saiba sobre a acusação que recai sobre Jay-Z e Beyoncé, “estupro artístico”.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.