Destaque

Leitores e alunos do Bengo continuam sem biblioteca

A Biblioteca Provincial do Bengo, localizada na Açucareira de Caxito, não recebe visita do público desde a sua inauguração no passado dia 11 de Abril, por razões até agora desconhecidas pelos funcionários da instituição.

Jovens e estudantes de diversos níveis de ensino vão à Biblioteca do Bengo para pesquisa, mais quando lá chegam são informados que a instituição ainda não está em funcionamento, por razões desconhecidas.
José Miguel, estudante do ensino médio na escola de formação de professores, disse estar decepcionado uma vez que após a inauguração as portas deviam estar abertas para todos. “Os estudantes precisam muito desta Biblioteca. Aqui há diversos serviços que nos ajudam a desenvolver os nossos conhecimentos académicos”, frisou.
Para a estudante Maria Domingos, que esteve presente no dia da inauguração, uma biblioteca na província é uma mais-valia.
“Agora deparamo-nos com este triste cenário. Esperamos que o Governo Provincial resolva este problema o mais rápido possível, para que quando as aulas começarem a Biblioteca possa auxiliar os jovens nas pesquisas académicas”, frisou.
A instituição é uma obra complementar ao Memorial dos Heróis da Pátria. A Biblioteca é de grande dimensão e é uma referência em termos de bibliografia da História de Angola. Com um acervo com capacidade de receber 40 mil livros, a mesma está dividida em vários sectores, com destaque para uma sala de leitura com capacidade para 60 pessoas, salas para consultas na Internet, investigação e multimédia, de exposição, de leitura, de apoio aos artistas e uma ludoteca infantil.

Similar Posts