A polícia nacional desmente lista de Famosos que estão envolvidos no caso menina de 14 anos que circula nas redes sociais

A polícia desmente nesta quarta-feira, uma suposta lista que envolve vários nomes de alguns artista e jornalista que estariam envolvido no caso da menina de 14 anos.

Leia o conteúdo da falsa mensagem contendo a lista de celebridades envolvidas no caso de abuso sexual de menores veiculada no Facebook:

ULTIMA HORA : POLICIA NACIONAL DIVULGA A PUBLICO
LISTA DE FAMOSOS ANGOLANOS QUE SE ENVOLVERAM COM A MENINA DE 14 ANOS NUM APARTAMENTO NO KILAMBA ..

EIS AQUI OS NOMES :

PRETO SHOW : Musico
EDY TUSSA : Musico
YURI DA CUNHA : Musico
KENNY BUS : Musico
BRUNO M : Kudurista
PUTO PRATA : Kudurista
HELDER DIAS DOS SANTOS
(FILHO DO NANDÓ.)
EDSON CAMERAMAN DA TPA
ALMIR AGRIA JORNALISTA
BISMARQUE JOSE JORNALISTA DO CANAL 2
GABRIEL NIVA : Jornalista da TPA
FREDY COSTA
NINO REPUBLICANO
ERNESTO BARTOLOMEU
OS MOICANOS
OS KALIBRADOS
OS THE GROOVE
MESTRE DANGUI

O PORTA VOZ DA POLICIA NACIONAL
AFIRMOU QUE FALTOU APENAS CITAR O NOME DE ALGUMAS ARTISTAS FEMININAS QUE PELOS VISTOS SÃO LÉSBICAS PORQUE TAMBÉM SE ENVOLVERAM COM A MENINA DE 14 ANOS..

ALGUNS POLITICOS BEM CONHECIDOS POR NOS TAMBÉM ESTÃO ENVOLVIDOS NESSE CASO …
NAS PROXIMAS 24 HORAS SERÃO DIVULGADOS OUTROS NOMES..

Fonte : Comando provincial de Luanda
CPL.

Polícia afirma que o processo decorre aos seus trâmites normais e é prematuro por esta altura avançar quaisquer nome de eventuais implicados, é importante dizer que em sede de instrução preparatória o processo é secreto e por tanto qualquer fuga de informação sobre o processo constitui violação do segredo de justiça que é um crime previsto e punível Pelo nosso código penal.

Resumindo, a lista dos famosos que estão envolvidos no caso da menina de 14 anos que circula no Facebook não é de origem da Policia Nacional.

3 COMENTÁRIOS

  1. Até hoje não publicam a tal lista verdadeira… Abafaram o caso…

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.