Na segunda-feira(22), Maria Borges usou as suas redes sociais para realizar duras críticas ao sector de moda, em particular as suas premiações, segundo a super modelo “não há progresso” nos eventos, pois, estes têm como base o “favoritismo” dos organizadores, para com os vencedores.

Durante o fim de semana, realizou-se um dos eventos de moda mais prestigiados do país, o Moda Luanda.

Um dia após a realização do evento, Maria Borges pronunciou-se.

A modelo mandou uma carta aberta direccionada aos amantes da moda nacional.

Para a modelo, o ano em que estamos, 2020, deve ser visto como ano de mudança de consciência no sector da moda.

Decerto, Maria demonstrou a sua forma de ver os eventos relacionados a moda realizados no país.

Para si, há ainda parcialidade na escolha dos vencedores dos prémios.

Os patrocinadores ou apoiantes devem deixar de dar suporte aos eventos de moda nacionais que privilegiam o “favoritismo”, conforme explicou Maria.

Favoritismo pode ser definido como preferência dada por favor e não por atenção ao mérito.

Maria Borges, é também empreendedora, e a agência The Star Management é o seu primeiro passo na área do empreendedorismo.

A agência tem como função cuidar da carreira da própria Maria e descobrir novos talentos da moda angolana para que estes sejam apresentados ao mundo.

Certamente, tendo em conta o seu novo ramo de trabalho, a modelo referenciou a falta de oportunidades para os novos talentos.

Maria vê isso como um mau exemplo para as futuras gerações.

A modelo alega que este problema deverá ser combatido tanto quanto se está a fazer com a pandemia Covid-19.

Maria Borges critica "favoritismo" nas premiações de moda "não há progresso"

A carta de Maria Borges

“Uma carta para amantes da moda Nacional”🇦🇴

@thestarmanagement 🖤💪🏾 2020 é um ano de mudança de consciência, temos que deixar de apoiar e/ou patrocinar eventos nacionais, que visam promover o sector da moda no colectivo, mais que os interesses pessoais de alguns organizadores, que continuam a privilegiar o favoritismo.

Façam uma análise, vão constatar que não há progresso, os novos rostos não têm oportunidades de se destacar.

Alguns estão felizes, mas, no geral é um mau exemplo para as futuras gerações.

Desta maneira, como iremos lutar para desenvolver o sector?

Temos de combater a estas práticas, da mesma forma como estamos a combater a Covid-19. Todos juntos por uma Angola melhor!

Maria Borges critica "favoritismo" nas premiações de moda "não há progresso"

Maria Borges critica “favoritismo” nas premiações de moda “não há progresso”

View this post on Instagram

“Uma carta para amantes da moda Nacional”🇦🇴 @thestarmanagement 🖤💪🏾 2020 é um ano de mudança de consciência, temos que deixar de apoiar e/ou patrocinar eventos nacionais, que visam promover o sector da moda no colectivo, mais que os interesses pessoais de alguns organizadores, que continuam a previlegiar o favoritismo. Façam uma análise, vão constatar que não há progresso, os novos rostos não têm oportunidades de se destacar. Alguns estão felizes, mas , no geral é um mal exemplo para as futuras gerações. Desta maneira, como iremos lutar para desenvolver o sector? Temos de combater a estas práticas, da mesma forma como estamos a combater a Covid-19. Todos juntos por uma Angola melhor! •••••💌 "A letter for Angolan fashion lovers"🇦🇴 @thestarmanagement 🖤💪🏾 2020 is a year of change of consciousness, we must stop supporting and/or sponsoring national events, which aim to promote the fashion sector in the collective, but a personal interests of some organizers, who continue to prevent favoritism. Do an analysis, you will see that there is no progress, the new faces have no opportunities to stand out. Some are happy, but overall it's a bad example for future generations. In this way, how can we fight to develop the sector? We must combat these practices in the same way as we're fighting Covid-19. All together for a better Angola! #somosofuturodamodaangolana #thestarmanagement #mariaborges #angola #teammariaborges

A post shared by MARIA BORGES (@iammariaborges) on

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.