Masta da Força Suprema denuncia conta falsa
Celebridades | Destaque

Masta da Força Suprema denuncia conta falsa

Masta, rap angolano integrante do grupo Força suprema denunciou que viu a sua conta plagiada.

Nesta mesma página falsa, recentemente publicou-se o significado do grupo de rap SSP com a seguinte denominação:

(S)- somos (S)- seguidores do (P)- prodígio.

Infelizmente tem se visto muita prática de plágio nas contas de muitos artistas.

De recordar que foram  tantos outros artistas que viram suas contas plagiadas dentre eles: Madlice Cordeiro; Leila Lopes e GM do grupo Zona 5.

Um pouco sobre Masta

Rap angolano, puro “Mangolé” nasceu em Luanda em 1982.

Saiu de Angola com 11, 12 anos, na época vivia no bairro S. Paulo, e depois foi para Portugal para estudar.

Na época seus pais sugeriram a ideia pensando sempre em proporcionar uma vida estável e criar outras oportunidades.

“Comecei por viver com a minha tia mas pouco tempo depois, aos 14 anos vim para a linha de Sintra onde estou até hoje”.

Mas na altura nem tudo correu bem, no inicio os pais ainda mandavam dinheiro mas com o passar do tempo tornou-se difícil para eles e fui forçado a estudar e trabalhar ao mesmo tempo.

“Foi muito duro. Na altura tinha 15 anos e só consegui na Construção Civil, da qual confesso que fugi, não aguentei (risos)”.

Comecei a ter mais despesas com a escola, documentos, entre outros e desisti no 10º ano de estudar e comecei a desenrascar-me até hoje.

Daí o nome da minha mixtape, “desenrascar ou morrer”. Hoje tenho a minha casa, os meus 2 filhos a minha “baby mama” (risos), os meus amigos.

 

Similar Posts