Michael Jordan cada vez mais rico

0

O lendário jogador norte-americado Michael Jordan foi um dos mais famosos do planeta durante seu período de quase 20 anos na NBA, que começou em 1984, pelo Chicago Bulls. O ex-jogador nunca facturou tanto quanto em 2013, dez anos após a sua última partida como profissional.

De acordo com a revista “Forbes”, Jordan, que recentemente completou 51 anos, recebeu cerca de 90 milhões dólares no ano passado provenientes da parceria com a Nike, determinada pelo sucesso histórico dos ténis Air Jordan.
A quantia é suficiente para comprar uma das contratações mais caras do início da temporada de 2013/14 do futebol europeu, o avançado colombiano Radamel Falcao, que trocou o Atlético de Madrid pelo Mónaco, por 40 milhões de euros.
No sábado, a Nike lançou a versão “Powder Blue” do Air Jordan, 30 anos depois do lançamento do primeiro modelo, que chegou às lojas no mesmo ano em que o jogador se estreou no Chicago Bulls. Jordan usou os ténis em campo, mas a NBA proibiu a utilização por considerar que eles, predominantemente em preto e vermelho, teoricamente infringiam as regras da liga sobre os equipamentos dos jogadores. A proibição inspirou uma campanha publicitária da Nike nessa época. “No dia 15 de Setembro de 1984, a Nike criou uns ténis de basquetebol revolucionários. A 18 de Outubro, a NBA tirou-os do mercado. Felizmente, a NBA não pode impedir-te de os usares”.
Jordan, uma estrela em potência na época, tinha celebrado contrato com a empresa no seu primeiro ano na liga por 500 mil dólares anuais

Comenta Agora!