Michelle Obama fala da experiência como Primeira-Dama

Michelle Obama foi esta semana ao programa da comediante Ellen Degeneres e disse que sentiu um elevado nível de pressão nos primeiros dias na função de Primeira-Dama.

Em contagem regressiva para deixar a Casa Branca, a mulher do Presidente dos Estados Unidos abordou diversos assunto como convidada, e do futuro que a sua família terá após a saída no palácio presidencial mais famoso do mundo.

Na opinião de Michelle, apesar das filhas encararem a saída da Casa Branca como algo certo, a Primeira-Dama argumenta que as jovens ainda não estão preparadas para abandonar aquele que foi o seu lar durante oito anos.

Em entrevista, Michelle teve também a oportunidade de comentar o desafio que foi de ocupar o cargo de Primeira-Dama dos Estados Unidos.

“Uma das coisas que senti ao estar nesta posição é que todas as primeiras-damas sentem um determinado nível de pressão. Esta é uma grande plataforma e tu não queres estragar tudo. Por isso, não quero comparar a minha experiência à de nenhuma outra primeira-dama”

“Eu sei que há crianças a verem-nos. Elas veem o que dizemos, o que fazemos, e eu e o Barack queremos ter a certeza que se sentem orgulhosas”, frisou Michelle claramente preocupada com a nova geração.

“Tem sido uma verdadeira honra viajar por este país e conhecer tantas pessoas fantásticas. Tenho muitas esperança nesta nação e espero que todas as pessoas tenham”

Questionada sobre o que mais iria sentir falta, quando deixar o cargo que ocupa há dois mandatos presidenciais, Michelle respondeu: “As pessoas, na verdade. Pensem nisto. As miúdas cresceram na Casa Branca, vemos os funcionários todos os dias. Estas são as pessoas que nos ajudaram a criar as nossas filhas. Eles amaram-nos, tomaram conta de nós, e assim que sairmos de lá, isso acaba”, explicou.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.