Celebridades

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O primeiro live on tape do “O Que Elas Pensam”, aconteceu no Centro Cultural Brasil-Angola com o tema “Alambamento Uma Tradição ou Negocio”.

As apresentadoras apareceram súper descontraídas num cenário na presença do publico, e é de lembrar que esta é a primeira vez que gravam com a presença do público.

Apesar da ausência de uma das apresentadoras que é a psicóloga Kanguimbo Ananas, que não pode se fazer presente por motivos pessoas, as apresentadoras estiveram súper a vontade e falaram a cerca do pedido ou seja do alambamento nos dias de hoje.

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio
Ímagem do programa ”O Que Elas Pensam” ao vivo

Questionadas sobre como foi ser apresentar o programa com a presença do público, começando pela Florinda Miranda a apresentadora fez saber que no principio ainda estava um pouco introspectiva, mas depois toda timidez passou e começou a sentir como se estivesse em casa com os seus convidados.

Yana Van-Dunem no seu turno disse que para ela foi súper diferente estar em frente do público, porém foi muito fantástico estar aí e falar a cerca desse tema.

“Achei óptimo, foi uma experiência única, e a adrenalina foi constante por saber que estava de frente do público”, disse Elsa Marques.

Por outro lado Lizeth Pote afirmou que foi óptimo e quase não olhou para o público para que não pudesse se distrair.

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio
Imagem de um espectador a sugeri perguntas as apresentadoras

Porém, falando sobre o tema Florinda disse que actualmente o alambamento passou a ser um negócio, “poderíamos fazer algumas alterações, mas tudo depende das origens”, disse a apresentadora acrescentando que “da forma que estão a fazer o pedido nos dias de hoje parece mais uma venda de um escravo do que um ser humano normal”.

“O pedido nos dias de hoje é mesmo grande negócio, mudar vai ser difícil ou quase impossível porque ainda existe muita gente que obedece as tradições” explicou Yana Van-Dunem apontando que “pedir tanto dinheiro pelas nossas filhas nos faz pensar que é mais uma venda”.

“As pessoas estão a perder a noção do limite de como deve ser um alambamento“, enfatizou Elsa Marques acrescentando que “devemos nos colocar primeiro no papel de quem vem dar o dote para que possamos entender melhor as coisas, bem como devemos procurar saber se as nossas filhas estariam felizes se souberem que estão a ser vendidas para alguém”.

“Deviam estabelecer regras no pedido porque se isso existir muita coisa aqui vai mudar”, afirmou Lizeth Pote adiantando ainda que “façam o alambamento, mas de uma forma profundamente tradicional”.

  • Veja a galeria de fotos:

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

O Que Elas Pensam sobre Alambamento hoje é uma Tradição ou Negócio

Similar Posts