Destaque

Passageiros com sintomas febris passam a quarentena à chegada a Luanda

Os passageiros que apresentarem sintomas febris ao entrarem em Angola pelo aeroporto internacional de Luanda vão ficar em quarentena, com o intuito de se despistar eventuais casos de ébola.

Segundo a diretora provincial de Saúde de Luanda, Rosa Bessa, no aeroporto internacional 4 de Fevereiro, na capital angolana, já funciona em permanência uma equipa de saúde para inspeção de passageiros, agora também munida com sensores de temperatura, uma vez que um dos principais sintomas do vírus é a febre. 

Na segunda-feira, Angola passou a integrar o grupo de países com risco «moderado a alto» de infeção por ébola, depois de casos confirmado na República Democrática do Congo (RDC). De momento, as autoridades competentes têm redobrado esforços no sentido de acelerar a mobilização de equipas para o controlo, alerta e vigilância sanitária, nomeadamente nas zonas fronteiriças a norte. 

Esta terça-feira, a evolução do ébola em vários estados do continente africano e as medidas de proteção adotadas em solo angolano foram alvo de análise da Comissão para a Política Social do Conselho de Ministros, que decorreu sob orientação do vice-Presidente da República, Manuel Vicente.


Fonte: Abola

 

Similar Posts