Pessoas com alergias graves não devem receber vacina da Pfizer
Celebridades

Pessoas com alergias graves não devem receber vacina da Pfizer

Parece que o sonho de livrar-se da Covid-19 não poderá ainda ser realizado por um grupo de pessoas específicas. Segundo um alerta enviado pela Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos de Saúde (MHRA, na sigla em inglês), todos aqueles que já tiveram reacções alérgicas graves a medicamentos, alguns alimentos ou outra vacina no passado, não devem receber vacina da Pfizer.

O Serviço de Saúde Britânico declarou que todos os hospitais ingleses participantes neste programa foram informados.

Além disso, pede-se que os centros de vacinação daquele país tenham instalações adequadas para atender aos afectados em caso de algum tipo de reacção.

De acordo com a imprensa britânica dois profissionais mostraram ter histórico clínico de alergias graves ao transportarem auto-injectores de adrenalina.

Pouco depois de serem vacinados, os dois profissionais de saúde sofreram um “choque anafilático”.

Porém, recuperaram ao receber o tratamento adequado, de acordo com as autoridades sanitárias.

Este tipo de reacções alergias são repentinas e generalizadas.

E geralmente começam com uma sensação de formigueiro e tontura.

A vacinação começou nesta terça-feira(8) em cinquenta grandes hospitais do Reino Unido.

O Governo chamou então este acontecimento de “Dia V” (dia do V ou vacinação).

As primeiras doses destinam-se a pessoas com mais de 80 anos.

Bem como para funcionários do sector de saúde e lares de idosos.

O Reino Unido comprou milhões de doses a sete produtores diferentes.

Uma vez que está aqui, veja também:

Pessoas com alergias graves não devem receber vacina da Pfizer no entanto

Similar Posts