Portugueses gastam milhões para perder peso

0

Os portugueses compram oito vezes mais suplementos alimentares e dietéticos do que o único medicamento disponível no mercado para combater a obesidade. No primeiro trimestre, venderam-se 95 mil unidades destes produtos, que geraram quase três milhões de euros, segundo o Jornal de Notícias.

No primeiro trimestre de 2014, os portugueses gastaram quase três milhões de euros em produtos para emagrecer. Dados da consultora IMS Health, a que o Jornal de Notícias teve acesso, revelam que os suplementos alimentares e dietéticos têm muito mais procura do que o único medicamento aprovado no mercado para reduzir peso.

Enquanto foram vendidas em farmácias e parafarmácias mais de 84 mil unidades dos primeiros, os segundos ficaram pouco aquém das 10 mil unidades. Uma das razões para esta discrepância está no preço.

Nos primeiros três meses do ano, os suplementos renderam 2,1 milhões de euros. Contudo, é evidente uma redução de 27% no número de embalagens comercializadas em relação ano mesmo período do ano passado. A tendência já se faz sentir desde anos anteriores.

Contudo, são vários os especialistas, como o presidente da Associação Portuguesa para o Estudo da Obesidade, a alertar para a fraca eficácia destes suplementos.

Comenta Agora!