A Tigra organizou no passado dia 5 de Novembro o 1º  Festival da Tigra Beats, grande festival de música, luz e som.  MiCasa, Uhuro e 15 Djs nacionais com  perfomances fantásticas e um espectáculo completamente inovador.

O maior festival de Dj’s em Angola que  transformou o pavilhão multiusos do Kilamba numa pista de dança e  reuniu  os melhores Dj’s e bandas do momento, incluindo os conceituados MiCasa e Uhuro, Dj Kapiro, Dj João Reis, Dj Elly Chuva entre outros num espetáculo de música, luz e cor nunca antes visto e que levou o público ao rubro.

O Festival Tigra Beats teve  a mais avançada tecnologia de som e imagem num espetáculo de 14 horas, para um público estimado de 10.000 entusiastas.

Durante o festival  Tigra Beats, o pessoal  assistiu a espetáculos únicos com Percussão Suspensa; Danças nas Sombras; Bailarinos com Leds; Bailarinos Suspensos em Tecidos; Robots com laser; e uma “Boom Box” onde as projecções de Vídeo Mapping  assumiram outra dimensão.

Axel Joka, realizador do evento disse ao nosso portal que o festival teve como finalidade o intercâmbio, promover a cultura angolana, trazer estrangeiros e faze-los perceber que em Angola também faz-se coisas com qualidade e tenho certeza de que todos ficaram surpresos com o que encontraram no recinto.

O nosso país como é muito ligado a música e a dança, e a cerveja Tigra com o seu slogan “Tigra a cerveja com garra” trás alegria para o seu consumidor e como o angolano é um povo alegre por natureza então pensamos nada melhor do que trazer um festival com muita euforia com o melhor que há no nosso continente num espaço único para então podermos confraternizar, acrescentou.

Axel, mostrou-se satisfeito porque a actividade superou suas expectativas e diz que ja está com algumas ideias para o próximo festival que de certeza será melhor que este.

Uma marca jovem, com 7 meses apenas no mercado a Tigra realizou um dos maiores festivais de Dj’s jamais organizados em Angola.

O realizador do festival deixou uma mensagem a todo pessoal que não se fez presente no evento que perderam e que no próximo ano façam-se  então presentes, e que continuem apostar na cultura nacional, nos nossos cantores, nos nossos Dj’s porque é por nós que eles existem.

 

 

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.