Celebridades

Real Madrid deixa fugir o Barcelona antes do clássico

141810_RealMadridZaragozaCristianoRonaldoGetty

Real Madrid deixa fugir o Barcelona antes do clássico

 

O Sevilha venceu o Real Madrid por 3-2 e o Barça isolou-se na liderança antes de defrontar os “merengues”.

anto Barcelona como Real Madrid defrontavam nesta 11.ª jornada dois dos rivais mais complicados da Liga espanhola, naqueles que foram os últimos choques antes do embate que as duas equipas terão e que está marcado para 21 de Novembro, no Santiago de Bernabéu. E, se o Barcelona aproveitou bem a ocasião e mostrou a sua melhor versão na vitória por 3-0 sobre o Villareal, o Real Madrid falhou o último teste e protagonizou um jogo negro frente ao Sevilha (3-2).

Em Camp Nou, o Barcelona venceu o Villareal, com um bis de Neymar e um golo de Suárez, num grande jogo dos blaugrana, que conquistaram os três pontos e são agora líderes isolados.

O Villareal bem lutou mas sem êxito, com o Barcelona a aproveitar a qualidade dos seus jogadores e os poucos erros defensivos do “submarino amarelo” na defesa.

A abrir o marcador (60’), Sergio Busquets aproveitou um erro de Bruno Soriano, recuperou a bola e descobriu Neymar que, isolado, não perdoou diante do guarda-redes Alphonse Areola.

Dez minutos depois, foi a vez de Luis Suárez, que converteu um penálti claro, após uma falta de Jaume Costa sobre Munir.

A fechar as contas (84’), novamente o brasileiro com um golo sublime: Neymar recebeu a bola de Suárez, ultrapassou Jaume Costa com um “chapéu”, fez a rotação sem deixar a bola tocar no chão e bateu Areola pela segunda vez na partida.

O Barcelona relaxou por três horas à espera da resposta do Real Madrid que, para terminar a jornada também no topo, precisava de uma vitória sobre o Sevilha. E não foi isso que aconteceu. O Real Madrid até entrou melhor no jogo, com os merengues a marcarem aos 22’ com um remate de bicicleta certeiro de Sergio Ramos — que saiu lesionado ainda na primeira parte como resultado da acrobacia.

Mas a vantagem não durou muito, já que o Sevilha respondeu aos 35’, num canto ao segundo poste bem aproveitado bem por Immobile.

Já na segunda parte, os andaluzes consumaram a reviravolta ao resultado, aos 60’, com Banega a fazer o segundo golo e Llorente a fazer o terceiro (75’).

Um remate fora da área de James Rodríguez, no último minuto do jogo (93’), ainda reduziu a desvantagem para o Real Madrid. Foi a primeira derrota dosmerengues na Liga espanhola.

Pela manhã, o Athletic de Bilbau ascendeu ao oitavo lugar, ao receber e bater o Espanyol por 2-1, com tentos de Iñaki Williams, aos oito minutos, e Raúl Garcia, aos 64. O paraguaio Hernán Pérez marcou para os forasteiros, aos 51.

Nos jogos de sábado, destaque para o Valência (agora sétimo, com 18 pontos), de Nuno Espírito Santo, que goleou fora o Celta de Vigo (caiu para quarto, com 21) por 5-1, com ‘bis’ de Dani Parejo e Paco Alcácer.

Pelo meio, no sexto lugar, segue o surpreendente Eibar, que vencer em casa o Getafe por 3-1.

Similar Posts