Celebridades

Realizador angolano no Festival de Lisboa

“O Destinado”, de Henrique Narciso “Dito”, é o único filme angolano seleccionado para a quinta edição do Festival de Cinema Itinerante da Língua Portuguesa (FESTin), que se realiza, em Lisboa, de 2 a 9 de Abril.

O filme, realizado em 2013, com hora e meia de duração, conta a história de dois jovens que se amam, mas são impedidos de concretizar os sonhos pelo pai dela, dos generais do Exército mais temidos “numa Angola em tempo de guerra”.
A situação altera-se a favor do rapaz, quando a jovem é raptada pelo inimigo e ele alista-se no Exército para a resgatar.
Em “O Destinado”, o realizador ficciona, num misto de acção e de humor, um cenário de guerra, no qual sobressaem o patriotismo e a força do amor. O FESTin deste ano está maioritariamente representado pelo cinema brasileiro, com 47 filmes dos 70 que são exibidos.
Na categoria de longas-metragens, além de Angola e do Brasil, que participa com 17 filmes, também estão representados Cabo Verde, Guiné-Bissau e Moçambique.
Portugal concorre com quatro filmes. Há também três co-produções luso-francesas e uma do Brasil e de Timor-Leste. Nas curtas-metragens, sem participação angolana, Brasil apresenta 30 obras, seguido de Portugal (11), Cabo Verde (três), Moçambique (um) e uma co-produção luso-francesa.
O cinema de Cabo Verde é o homenageado desta edição, depois de Angola ter sido em 2013.
O filme brasileiro “Colecção Invisível” foi o vencedor do ano passado da secção de longas-metragens. O prémio de melhor actor foi atribuído ao brasileiro Lázaro Ramos, pela interpretação da personagem Joãozinho das Garotas do filme angolano “O Grande Kilapy”.
Angola, que participa no FESTin desde 2012, já apresentou “Outros Rituais Mais ou Menos”, de Jorge António, “Teatro de Quintal” e “Festa de Quintal”, de Coreón Dú, “O Grande Kilapy”, de Zézé Gamboa, “Angola: Terra do Passado e do Futuro” e “Os Acordos do Alvor”, de António Escudeiro, “Culturas Vivas”, de Chico Júnior, e “Nos Trilhos Culturais da Angola Contemporânea”, de Dias Júnior.
A primeira edição do FESTin foi em Maio de 2010, durante a Semana Cultural da CPLP, em Lisboa. Foram exibidos 41 filmes. Em competição estiveram 23 curtas e sete longas-metragens.

Similar Posts