Celebridades | Sociedade

“Sabem onde é que eu sofri racismo? Em Angola, no meu próprio país” Cleide Afonso

Sabe a dor que é sofrer racismo no teu próprio país? Todos nós sabemos que o racismo existe e a cada dia que passa tem se espalhado como um vírus mortal, mas, o que ninguém espera é ser vítima de racismo na sua própria casa.

O facto aconteceu com Cleide Afonso, a ex-africana (grupo musical) veio a público para contar um caso chocante!

A cantora revelou que já sofreu racismo no seu próprio país, Cleide diz que fora, no Brasil, sempre foi bem acolhida, diferente de Angola.

Num vídeo postado no Stories da sua conta do Instagram, a cantora contou:

“Nunca sofri racismo no Brasil, graças a Deus. Lá o pessoal sempre nos acolheu e nos tratou muito bem”. Começou por dizer.

Os relatos, foram de fazer doer o coração, “racismo não existe só na América, Europa ou Ásia” disse ela.

“Sabem onde é que eu sofri racismo? Em Angola, no meu próprio país. É só para vocês verem que racismo não existe só na Europa, América e na Ásia, não. Mas sim na África, em Angola, e em Luanda, no aeroporto”, concluiu.

Similar Posts