Tchizé Dos Santos: “Eu não sou Marimbondo, sou uma SEREIA encantada”

1

A empresária Tchizé dos santos, nesta manhã faz um apelo a todos os jornalistas de investigação para a averiguação de todas a seguradoras de Angola.

Tchizé faz um apelo aos jornalistas de investigação.

Através do seu instagram oficial a empresária fez uma publicação apelando a investigação das seguradoras de Angola.

Saber como foram criadas, onde foram buscar o dinheiro para complementar o capital e com como foram impulsionadas.

Confira o texto da empresária:

“Uns comem as castanhas e a outros rebenta-se-lhes a boca” (Adágio popular).

Eu estava caladinha… Tentaram “queimar-me” com nova tentativa mediática de “assassinio de carácter”, então aqui vai:

Apelo por favor aos jornalistas de investigação, a começar pelo Sr Rafael Marques

e todos os interessados que vejam a lista de todos os acionistas,

desde os constituintes até aos subscritores actuais das ações e todos os beneficial owners (benefíciários finais/por trás de testas de ferro)

de todas as seguradoras de Angola, como elas foram criadas, onde foram buscar dinheiro para integralizar o capital e como foram alavancadas.

Aí estará a resposta porquê que umas nunca conseguiram sair do papel e outras dão milhões

a pessoas que estão em cargos públicos ao mais alto nível e não nasceram herdeiros de pais ricos.

Já dizia o meu falecido avô Abrantes: “A afronta em nome da honra não é falta de respeito ou de carácter, mas uma evidência dele”. (Adágio popular)

Vão atacar quem comeu as dezenas ou centenas de milhões do BPC sem garantias e sem obra para justificar tais levantamentos.

Há muito por onde encontrar gente que não mereceu as excessivas oportunidades que teve.

Deixem-me fora das vossas guerras de tubarões venenosos que eu não sou Marimbondo,

sou uma SEREIA encantada, com coração de fada e alma de rainha… 🧜🏽‍♀️🧚🏽‍♂️👸🏽.

Classe…e humildade nunca me faltou…

e confesso que também tenho bom gosto! Gosto de estar do lado do BEM.

Welwitschea dos Santos “Tchizé”

View this post on Instagram

“Uns comem as castanhas e a outros rebenta-se-lhes a boca” (Adágio popular). Eu estava caladinha… Tentaram “queimar-me” com nova tentativa mediática de “assassinio de carácter”, então aqui vai: Apelo por favor aos jornalistas de investigação, a começar pelo Sr Rafael Marques e todos os interessados que vejam a lista de todos os acionistas, desde os constituintes até aos subscritores actuais das ações e todos os beneficial owners (benefíciários finais/por trás de testas de ferro) de todas as seguradoras de Angola, como elas foram criadas, onde foram buscar dinheiro para integralizar o capital e como foram alavancadas. Aí estará a resposta porquê que umas nunca conseguiram sair do papel e outras dão milhões a pessoas que estão em cargos públicos ao mais alto nível e não nasceram herdeiros de pais ricos. Já dizia o meu falecido avô Abrantes: “A afronta em nome da honra não é falta de respeito ou de carácter, mas uma evidência dele”. (Adágio popular) Vão atacar quem comeu as dezenas ou centenas de milhões do BPC sem garantias e sem obra para justificar tais levantamentos. Há muito por onde encontrar gente que não mereceu as excessivas oportunidades que teve. Deixem-me fora das vossas guerras de tubarões venenosos que eu não sou Marimbondo, sou uma SEREIA encantada, com coração de fada e alma de rainha… 🧜🏽‍♀️🧚🏽‍♂️👸🏽. Classe…e humildade nunca me faltou…e confesso que também tenho bom gosto! Gosto de estar do lado do BEM. Welwitschea dos Santos “Tchizé”

A post shared by Tchizé Dos Santos (@tchize_dos_santos) on

Comenta Agora!