Terapeutas
Celebridades

Terapeutas tradicionais têm licença

O Ministério da Saúde atribuiu à Câmara Profissional dos Terapeutas de Medicina Tradicional e Natural de Angola um alvará provisório para o exercício da profissão no país.

 

Anunciou ontem em Luanda o seu presidente, Kitoko Maiavangua. Ao falar na abertura do encontro nacional de terapeutas de medicina tradicional e natural, Kitoko Maiavangua disse que o alvará provisório vai identificar os verdadeiros médicos tradicionais dos falsos profissionais que existem no país.

O presidente da Câmara Profissional dos Terapeutas de Medicina Tradicional e Natural de Angola revelou que neste momento têm registado 24 mil terapeutas tradicionais reconhecidos e garantiu a continuidade do processo de cadrastramento para o reconhecimento e credenciamento de todos aqueles que exercem a medicina alternativa e não convencional. “Os terapeutas para terem esse alvará devem estar inscritos na Câmara, que atribui a cada membro uma declaração e credencial de identificação para apresentar aos órgãos do Estado que lhe vão fazer o licenciamento”, disse Kitoko Maiavangua, acrescentando que estas prevenções estão a ser tomadas devido aos medicamentos vendidos no mercado informal por pessoas sem licenciamento. “Vamos ter uma lista única a nível nacional de plantas medicinais do país.
Esta lista é uma base de dados sobre as verdadeiras plantas que devem ser utilizar na medicina tradicional”, explicou.  Kitoko Maiavangua apelou à população a denunciar às autoridades competentes os terapeutas de medicina tradicional não licenciados para que se tomem as devidas medidas.
O chefe do Departamento de Medicina Tradicional do Instituto Nacional de Saúde Pública, Nzinga David, disse que estão a ser  realizados  estudos sobre a medicina tradicional.
“Neste momento, estamos a organizar e a promover o regulamento na área da Medicina Tradicional.”

Fonte: jornaldeangola

Similar Posts