Yannick Afroman movimenta Benguela

0

“Terra a Terra”, o mais recente trabalho discográfico do músico angolano Yannick Afroman, abarrotou a portaria da Rádio Benguela durante a venda e sessão de autógrafo, no fim de semana passado. Em declarações a imprensa, Yannick Afroman resumiu que a maioria das faixas alerta à sociedade para a perda de valores morais, criminalidade, pobreza e amor. Com 19 faixas, o CD, gravado em Angola e masterizado em Portugal, é repleto de participações de vários músicos como Celso Mambo, Totó, Sichamolonengue, Sara Dem e Loromance. Músicas como “Querem assim”, “Tudo mudou”, “Ainda existe amor”, “Amigo não se age assim”, “De um lado para outro”, “Chupa dedo”, “Algo está mal”, “Sou feliz” e “Vergonha mata” preenchem o segundo álbum do músico que em 2008 gravou o álbum “Mentalidade”. Yannick é, tal como Bonga e Heavy C, convidado especial da segunda edição do concurso “Benguela Gentes & Músicas”, a realizar-se hoje à noite no Cine Kalunga.

Comenta Agora!